Entra em vigor nova tabela de preços para reprodução assistida

Portaria publicada em “Diário da República”

13 fevereiro 2009
  |  Partilhar:

O Ministério da Saúde aprovou a nova tabela de preços para tratamentos de procriação medicamente assistida e readoptou a antiga tabela de meios complementares de diagnóstico e terapêutica convencionados, em portaria publicada esta semana em Diário República.
 

 

A tabela dos preços que os hospitais públicos irão cobrar ao Serviço Nacional de Saúde (SNS) define que a consulta de apoio à fertilidade (estudo inicial) custará 94 euros, a indução ovárica 300 euros, a inseminação intra-uterina (IIU) 400 euros e a fertilização “in vitro” 2 500 euros.
 

 

A injecção intra-citoplasmática de espermatozóides terá um custo de 2 750 euros e a injecção intra-citoplasmática de espermatozóides recolhidos cirurgicamente (ICSI) 3 500 euros.
 

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.