Enterococcus resistentes revelam proteína com eficácia antibiótica

Nvos antibióticos em vista

16 março 2001
  |  Partilhar:

Foram descobertas novas frentes de ataque a certas bactérias resistentes aos antibióticos usuais.
 

 

Uma equipa de cientistas internacionais, encontrou na bactéria Enterococcus faecium particularidades genéticas que poderão ser a chave para a descoberta de novos métodos terapêuticos no combate às infecções bacterianas.
 

 

Principalmente em meio hospitalar, existem estirpes de Enterococcus faecium resistentes ao mais potente antibiótico utilizado: a Vancomicina.
 

 

Estes investigadores descobriram que algumas estripes são mais virulentas e provocam infecções com maior facilidade. No seu entender isto deve-se ao facto de certos Enterococcus apresentarem na sua membrana uma proteína que facilita a sua ligação a certas células humanas. Este tipo de proteínas poderá constituir um novo alvo para anti-corpos com capacidade para as neutralizar e assim eliminar estas bactérias do tracto intestinal.
 

 

Os Enterococcus faecium são constituintes normais da flora intestinal e somente causam infecções graves quando atingem outros locais do organismo (por exemplo após cirurgia). Quando está em causa uma infecção por uma estirpe resistente, a sua erradicação dificilmente é alcançada.
 

 

Esta notícia foi publicada na revista inglesa "The Lancet" (Vol. 357, pág. 853).
 

 

Fonte: Net Doktor
 

 

Adaptado por:
 

David Ferreira
 

MNI - Médicos na Internet

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.