Enfermeiros são quem comunica mais com doentes internados

Estudo “Comunicação Hospitalar”

18 junho 2009
  |  Partilhar:

Os resultados do primeiro estudo nacional "Comunicação Hospitalar em Portugal" revelam que são os enfermeiros quem mais comunica com os doentes internados em hospitais portugueses.

 

O estudo foi realizado em parceria pela Breathe Health, Divisão de Saúde do Grupo Inforpress e pela Escola Nacional de Saúde Pública (ENSP) da Universidade Nova de Lisboa.

 

Os hospitais começam a reconhecer que a comunicação deve ser um ponto a aperfeiçoar e admitem que, neste sector, a eficácia das mensagens chave é essencial. A investigação teve esta ideia como base e o estudo desenvolveu-se a partir da análise de uma amostra representativa de dados recolhidos nos 84 hospitais gerais públicos e privados, de Norte a Sul do país, com o maior número de camas e a maior taxa de assistência a doentes.

 

A investigação tem como ponto de chegada reunir informação que possa conduzir a uma melhor utilização de suportes no contacto dos hospitais com os diferentes públicos: doentes, médicos, enfermeiros, colaboradores, farmacêuticos, meios de comunicação social e público em geral.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.