Enfermeiros querem norma para melhorar parto natural

Encontro da Confederação Internacional de Parteiras

08 fevereiro 2008
  |  Partilhar:

A criação de uma norma de procedimentos a adoptar na Europa do Sul para a realização de partos naturais foi o objectivo do encontro da Confederação Internacional de Parteiras, realizado quinta-feira no Porto.
 

 

Segundo Vítor Varela, enfermeiro obstetra no Hospital de São Bernardo, em Setúbal, e representante dos países do Sul da Europa na Confederação Internacional de Parteiras, a reunião permitiu debater "a possibilidade de realizar um parto natural com qualidade". Daí a importância de confiar nos processos naturais e nas competências das enfermeiras obstetras (vulgo parteiras).
 

 

O direito das grávidas a estarem informadas para poderem fazer opções conscientes sobre o seu parto, as vantagens de um parto natural e espontâneo e de dar à luz sem intervenção cirúrgica ou medicação foram outros dos assuntos em debate, assim como os partos domiciliários, o papel da água, a importância do apoio interpessoal e do aconselhamento da mulher no período pré-natal e no pós-parto.
 

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.