Enfermeiros em greve

Profissionais de todo o país param hoje

21 novembro 2003
  |  Partilhar:

Enfermeiros de todo o país param amanhã, aderindo à greve da Administração pública, em protesto contra a política do Governo, que acusam de «desvalorizar os serviços públicos» com o objectivo de os privatizar e contra os contratos individuais de trabalho e os despedimentos colectivos. A paralisação, decretada pelo Sindicato dos Enfermeiros Portugueses (SEP), é também um cartão vermelho dos profissionais ao sistema de avaliação do desempenho profissional imposto pelo Governo, «que promove a diminuição da qualidade dos serviços públicos» e contra a proposta de diploma sobre Contrato de Trabalho que classificam de «profundamente ultrajante». Segundo o SEP, a proposta condiciona a admissão dos enfermeiros a contratos por tempo indeterminado, mesmo quando estes colmatam necessidades permanentes dos serviços. Ontem os representantes de Lisboa do SEP, reunidos em fórum distrital, aprovaram uma moção em que se comprometem não só a aderir a esta greve como a programar um dia de luta, que «poderá passar simbolicamente pelo luto dos enfermeiros durante a prestação dos cuidados». A moção ontem aprovada vai ser enviada ao Presidente da República e os grupos parlamentares.Fonte: Público

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.