Enfermeiros criam ferramenta que ensina a cuidar de pessoas dependentes

Desenvolvida pelo Centro de Investigação em Tecnologias e Serviços de Saúde

11 julho 2018
  |  Partilhar:
 
Uma ferramenta tecnológica que fornece informação adaptada às necessidades dos familiares cuidadores de pessoas dependentes será apresentada na Semana de Investigação em Enfermagem, que começa segunda-feira, no Porto.
 
Desenvolvido pelas investigadoras em enfermagem do Centro de Investigação em Tecnologias e Serviços de Saúde (CINTESIS) Teresa Martins e Maria José Lumini, o Intent-Care apresenta conteúdos de apoio à prestação de cuidados em casa em diversas áreas de intervenção, como a alimentação, o posicionamento, a transferência de um local para o outro, o apoio ao banho, a melhor forma de vestir o doente, entre outras informações.
 
O Intent-Care é uma ferramenta digital interativa criada com o objetivo de fornecer informação adaptada às necessidades dos familiares cuidadores de doentes dependentes no autocuidado, de forma a complementar a orientação fornecida por profissionais de saúde para promover a sua autonomia, baseada na disponibilização de recursos multimédia (imagem, vídeo, áudio e texto) com vista a ajudar os cuidadores a compreender os procedimentos de prestação de cuidados.
 
“Em Portugal, os cuidados a pessoas dependentes são assegurados essencialmente pelas famílias. Aos cuidadores é cada vez mais solicitada uma corresponsabilização nos cuidados de saúde, submetendo-os, muitas vezes, a situações stressantes. A crescente utilização de plataformas educativas na área da educação para a saúde pode constituir-se como um recurso para esta população”, salientam as investigadoras em comunicado à Lusa.
 
Para a conceção desta ferramenta foram realizados dois estudos prévios de determinação das necessidades e dificuldades dos familiares cuidadores. A construção e a validação da ferramenta interativa contaram com a colaboração de um painel de peritos. Finalmente foram realizados estudos com amostras de cuidadores no sentido de validar a usabilidade da ferramenta.
 
Teresa Martins e Maria José Lumini explicam que “a acessibilidade e simplicidade desta plataforma constituiram uma preocupação principal no seu desenvolvimento. Pelo seu uso e acesso livre, esta plataforma permite aumentar a acessibilidade aos cuidados de saúde”. 
 
Proporciona, ainda, aos profissionais a oportunidade de melhorar o seu trabalho, direcionando a sua atenção para aspetos mais relevantes, em particular a promoção e o bem-estar de indivíduos e famílias. 
 
A Semana de Investigação em Enfermagem é um evento promovido pela Escola Superior de Enfermagem do Porto (ESEP) e pelo CINTESIS que vai reunir mais de 300 individualidades nacionais e internacionais, “com o objetivo de discutir as questões relacionadas com a investigação, a inovação e o desenvolvimento das ciências da saúde, particularmente, a área da Enfermagem”, explica Carlos Sequeira, professor na ESEP e líder do grupo de investigação em enfermagem do CINTESIS.
 
Este evento incluirá workshops de ciência, seminários temáticos, mostra de projetos e um congresso internacional e permitirá contribuir para a disseminação da investigação ao nível do ensino, das unidades de investigação e da prática clínica, com especial destaque para a apresentação de projetos inovadores na área da saúde, como é exemplo o trabalho desenvolvido por investigadores da CINTESIS e docentes da ESEP.
 
ALERT Life Sciences Computing, S.A.
Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar