Enfermeiros ajudam a manter o peso

Estudo publicado no “Canadian Medical Association Journal”

27 maio 2009
  |  Partilhar:

O acompanhamento realizado por enfermeiros é tão eficaz a ajudar as pessoas a manter a perda de peso como um programa intensivo, dispendioso e de longas sessões com nutricionistas e preparadores físicos, revela um estudo publicado no “Canadian Medical Association Journal”.

 

Os investigadores do Edgar National Center for Diabetes Research, na Nova Zelândia, contaram com a participação de 200 mulheres que, através de um grupo de acompanhamento liderado por um enfermeiro ou através de um programa intensivo de perda de peso, perderam pelo menos 5% do seu peso.

 

As mulheres que ingressaram no grupo de acompanhamento liderado por um enfermeiro monitorizaram o seu peso todos os 15 dias e discutiram com o profissional de saúde, em sessões de 10 minutos, a sua dieta e a sua actividade física. Nas semanas em que não havia monitorização de peso, os enfermeiros acompanhavam o desempenho das participantes por telefone. Mensalmente, as participantes eram apoiadas por um grupo de acompanhamento.

 

As mulheres que participaram no programa intensivo tiveram 11 sessões individuais, de 35 minutos, com um nutricionista e um preparador físico e frequentaram também um ginásio, duas vezes por semana.

 

O estudo revelou que, durante o primeiro ano, 93% das participantes que ingressaram no programa intensivo estiveram presentes em todas as sessões com o nutricionista e o preparador físico; no segundo ano, a taxa de comparência foi de 87%. Relativamente às sessões de treino no ginásio, estas foram menos populares, com cerca de 47% de participação no primeiro ano e 28% no segundo ano.

 

Quanto às mulheres que ingressaram no grupo acompanhado pela equipa de enfermagem, 89% compareceram nas sessões no primeiro ano e 85% no segundo ano. Só dois terços das participantes usaram regularmente o acompanhamento via telefone.

 

Após dois anos de estudo, os investigadores observaram que 54% das mulheres que participaram no grupo de programa intensivo e 84% das que ingressaram no grupo de apoio liderado por enfermeiros revelaram que as visitas eram suficientes para as ajudar a manter a perda de peso. Por outro lado, 70% das participantes dos dois grupos manifestaram o desejo de continuar a receber o acompanhamento indefinidamente.

 

O estudo revelou também que tanto as mulheres que ingressaram no programa intensivo como as que participaram no grupo de apoio liderado por enfermeiros foram capazes de manter, em média, uma perda de 2 Kg.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.
 

 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.