Enfarte do miocárdio de manhã mais perigoso que à tarde ou à noite

Estudo publicado na revista britânica “Heart Journal”

02 maio 2011
  |  Partilhar:

Ter um enfarte agudo do miocárdio de manhã pode ser mais perigoso do que tê-lo à tarde e à noite, conclui um estudo espanhol publicado na revista britânica “Heart Journal”, citado pela agência Lusa.

 

Peritos madrilenos, do Centro Nacional para a Investigação Cardiovascular, quiseram verificar  qual o impacto que pode ter o momento de uma crise cardíaca sobre a extensão das lesões. Para tal, mediram, durante seis anos, os níveis de enzimas no sangue de 811 doentes admitidos nas unidades de cuidados coronários do Hospital San Carlos, em Madrid.

 

Segundo a Lusa, que cita a agência AFP, refere que os doentes que tinham mais tecidos destruídos eram os que tinham sofrido um enfarte entre as 06:00 e as 12:00, período em que o nível de enzimas foi superior em 21% aos dos pacientes que sofreram o enfarte do miocárdio entre as 18:00 e as 24:00. Para os investigadores, estes resultados, a confirmarem-se em novos estudos, podem ajudar a tornar os tratamentos mais eficazes.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.