Emissões de gases de estufa aumentaram em Portugal

Inverno mais frio levou a um maior consumo de energia

06 maio 2003
  |  Partilhar:

As emissões de gases com efeito de estufa em Portugal aumentaram 1,9% em 2001 relativamente ao ano anterior, tendo crescido na União Europeia (UE) um por cento no mesmo período.
 

 

Segundo a Agência Europeia do Ambiente (AEA), sedeada em Copenhaga, foi o segundo ano consecutivo de crescimento (após os 0,3 por cento em 2000 relativamente a 1999) na emissão daqueles gases no espaço comunitário.
 

 

Essa tendência afasta ainda mais a UE dos objectivos definidos pelo Protocolo de Quioto para o período 2008-2012, constatou a AEA.
 

 

Um Inverno mais frio do que o normal na maioria dos países comunitários, com o correspondente aumento do consumo de energia para aquecimento das casas, maiores emissões no sector dos transportes e um crescente uso de combustíveis fósseis explicam o acréscimo, referiu a AEA.
 

 

A Finlândia (7,3%) e a Áustria (4,8%) foram os Estados membros que registaram os maiores acréscimos nas emissões de gases com efeito de estufa.
 

 

Contudo, a Irlanda (23,9%), a Espanha (23,8%) e Portugal (21,6%) são os Estados membros que apresentam valores mais afastados do que aqueles a que estão obrigados pelo Protocolo de Quioto.
 

 

Fonte: Lusa
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.