Elevado consumo de sódio mata 1,6 milhões em todo o mundo

Estudo publicado no “The New England Journal of Medicine”

19 agosto 2014
  |  Partilhar:

O consumo de sódio acima da dose recomendada pela Organização Mundial de Saúde (OMS) é responsável por 1 em 10 mortes, anualmente, em todo o mundo, revelou um estudo.


Liderado por Dariush Mozaffarian da Friedman School of Nutrition Science and Policy na Tufts University em Medford, EUA, o estudo procurou determinar a influência do excesso de sódio na alimentação sobre a saúde cardiovascular a uma escala global. Para tal, a equipa procedeu à análise de 205 sondagens sobre o consumo de sódio que eram representativas de cerca de 75% da população adulta mundial.


Os investigadores avaliaram igualmente dados relativos à nutrição e uma escala global de molde a determinar o consumo de sódio por idade, sexo e país. Finalmente, a equipa conduziu meta-análises de grupos com o objetivo de medir os efeitos do sódio sobre a pressão arterial e os efeitos da pressão arterial sobre as doenças cardiovasculares.


Os resultados do estudo revelaram que o consumo médio de sódio global em 2010 era de 3,95 gramas, o que representa quase o dobro do valor recomendado pela OMS, que é de 2 gramas diários. Os consumos de sódio variavam entre os 2,18 gramas diários na África Subsaariana e os 5,51 na Ásia Central.


Os valores apurados pela equipa foram aplicados aos índices globais atuais de doenças cardiovasculares, tendo estes dados sido utilizados para estimar o número de mortes causadas pelo consumo de sódio superior ao recomendado pela OMS.


A equipa atribuiu o consumo excessivo de sódio a 1,65 milhões de mortes, globalmente, por doenças cardiovasculares. Este número equivale a 1 em 10 mortes devido a problemas cardiovasculares. 4 em 5 das mortes atribuídas ao consumo excessivo de sódio tinham ocorrido em países subdesenvolvidos ou em vias de desenvolvimento.


Em Portugal consome-se aproximadamente o dobro da dose recomendada pela OMS, sendo por isso urgente diminuir o consumo de sal na alimentação.


O sódio encontra-se naturalmente em certos alimentos como o leite e o aipo. Como comprova este estudo, o consumo excessivo de sódio aumenta a pressão arterial, que constitui um fator de risco principal para a ocorrência de doenças cardiovasculares.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.