Edredons e almofadas de penas podem causar fibrose pulmonar

Estudo publicado no "The Lancet Respiratory Medicine"

23 outubro 2013
  |  Partilhar:

O contacto com edredões e almofadas de penas é uma das principais causas da fibrose pulmonar idiopática, de acordo com um estudo publicado na revista científica "The Lancet Respiratory Medicine".
 

O estudo levado a cabo pelos investigadores do Hospital Vall d'Hebron, de Barcelona, Espanha e ao qual a agência Lusa teve acesso, foi conduzido entre 2004 e 2011. Com base na participação de 60 pacientes, os investigadores constataram que, em metade dos casos, uma das principais causas da doença é a exposição a edredões e almofadas de penas.
 

De acordo com os autores do estudo, a exposição a aves e fungos, em quantidades mínimas, mas constantes, pode também influenciar o desenvolvimento da doença.
 

Estes resultados, "alteram radicalmente" a abordagem que se deve adotar no estudo da fibrose pulmonar idiopática, uma vez que, segundo o hospital, para determinar as causas da doença, o pneumologista deve fazer um historial médico muito detalhado.
 

No estudo deverão passar a incluir-se visitas ao domicílio dos pacientes ou ao local de trabalho para tentar descobrir possíveis fontes antigénicas e fazer medições das quantidades de fungos, penas e isocianatos (substancias químicas potencialmente irritantes para pele e olhos), entre outras.
 

A fibrose pulmonar idiopática é uma doença reconhecida desde 1940, na qual os dois pulmões perdem progressivamente elasticidade, dificultando a inspiração e levando à perda gradual da capacidade respiratória.
 

O transplante pulmonar é a solução para os pacientes mais graves. No ano passado, o hospital Vall d'Hebron realizou 66 transplantes de pulmões, números que o colocam entre os primeiros centros mundiais nesta área.
 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Classificações: 1 Média: 5
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.