Ecologistas preocupados com mais 14 mil antenas para 3ª geração de telemóveis
28 agosto 2001
  |  Partilhar:

Mais de 14 mil antenas serão colocadas em todo o país para os telemóveis de terceira geração, o que está já a motivar receios e críticas por parte dos ambientalistas.
 

 

Os ecologistas alegam que a ausência de regras para colocação de torres de antenas de telemóveis degrada a paisagem portuguesa e “perturba o seu equilíbrio”.
 

 

O dirigente da Quercus, Francisco Ferreira, já sugeriu que “as torres das antenas de telemóveis podem ser disfarçadas”, deixando assim de ser “um elemento perturbador da paisagem”.
 

 

A Quercus exige ainda a criação de um código de conduta ambiental e de saúde para que o critério de instalação de novas antenas seja mais transparente.
 

 

Além disso, os ambientalistas alertam para a possibilidade de uma só torre conseguir sustentar antenas para mais do que um operador, sem custos acrescidos.
 

 

A decisão sobre o eventual adiamento do início da oferta dos telemóveis com tecnologia UMTS só será conhecida no final de Setembro ou no início de Outubro.
 

 

Lusa

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.