Ébola: Luanda e outras dez províncias em “alto risco”

Classificação da Direção Nacional de Saúde Pública

09 setembro 2014
  |  Partilhar:

Luanda e outras dez províncias angolanas foram classificadas pelas autoridades de saúde desse país como de "alto risco" para uma eventual propagação da epidemia da febre hemorrágica do Ébola a Angola, noticia a agência Lusa.

 
Além de Luanda, as províncias de Cabinda, Zaire, Benguela, Cunene, Uíge, Malange, Moxico, Lunda Norte, Lunda Sul e Cuando Cubango foram catalogadas com a mesma classificação de risco.
 
Esta classificação, atribuída pela Direção Nacional da Saúde Pública, no âmbito do plano de contingência para controlo e prevenção do vírus Ébola, é devida ao movimento fronteiriço que se realiza nestas províncias, seja por via terrestre, fluvial ou aérea. 
 
Eusébio Manuel, da Direção Nacional da Saúde Pública, citado pela rádio pública, referiu que estão a ser colocados no terreno meios de biossegurança, para a proteção dos profissionais. "Em todas essas províncias estão a ser formados os profissionais de saúde e as populações, caso surja algum caso suspeito", esclareceu o responsável.
 
Angola passou a integrar o grupo de países com risco "moderado a alto" de infeção por Ébola, depois de confirmados casos e mortes na vizinha República Democrática do Congo.
 
Apesar de não ter sido registado ainda qualquer caso suspeito, as autoridades sanitárias angolanas estão a "redobrar" e a "acelerar" a mobilização de equipas para o controlo, alerta e vigilância sanitária, nomeadamente nos postos de fronteira a norte. Em Luanda, estão em alerta "todos os municípios" da província capital.
 
As autoridades de saúde estão ainda a preparar o lançamento de um simulacro para testar as condições disponíveis para lidar com possíveis casos de Ébola.
 
"Não foi identificado nenhum caso. Temos tido alguns rumores e casos suspeitos, mas até agora todos foram descartados", informou Eusébio Manuel.
 
ALERT Life Sciences Computing, S.A.
Partilhar:
Classificações: 1 Média: 5
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.