Duas mortes após anestesias para pequenas operações no Hospital de Lagos
03 abril 2004
  |  Partilhar:

Duas pessoas morreram, uma das quais sexta-feira, na sequência das anestesias para serem submetidas a pequenas cirurgias no bloco operatório do Hospital de Lagos, entretanto encerrado pelo Ministério da Saúde até serem apuradas responsabilidades.Carlos Glória, director dos Cuidados Intensivos do Hospital do Barlavento Algarvio, em Portimão, para onde tinha sido transferido o doente, adiantou à Lusa que o homem de 35 anos faleceu às 08:40 de sexta-feira.O doente, que se sujeitava terça-feira a uma intervenção, no Hospital de Lagos, para a extracção de um quisto, sofreu uma paragem cardio-respiratória devido à administração da anestesia.Este caso surge depois de uma senhora de 44 anos ter falecido, na terça-feira, nas mesmas condições, quando estava em fase de preparação para ser submetida a uma pequena intervenção cirúrgica (uma fissura). Este motivo levou a tutela a encerrar o bloco operatório do Hospital de Lagos até que sejam apuradas as causas que levaram às complicações nos dois doentes.Fonte: Lusa

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.