Drogas dividem estratos sociais

Heroína consumida pelos pobres, cocaína pelos ricos

29 janeiro 2004
  |  Partilhar:

A heroína é a droga mais presente nos consumidores problemáticos que vivem no limiar da marginalidade. Para aqueles que consomem drogas, mas que se encontram inseridos na sociedade, exercendo mesmo profissões valorizadas, os consumos são mais diversificados e vão desde a cannabis à cocaína, passando por alucinogénios. Esta é uma das diferenças entre os diferentes tipos de consumidores problemáticos de droga em Portugal que constam de um estudo, publicado em livro, e que será lançado hoje no Porto.Na população mais marginal, que os investigadores chamaram de «zona down», foi identificado um consumo centrado na heroína e drogas pesadas, o que leva estas populações a colocaram o ênfase no «aliviar a ressaca», numa preocupação com o corpo. Nos consumidores do lado oposto, na «zona up», a diversificação de consumos tinha por base uma relação com a droga assente na procura de estados alternativos de consciência. A droga proporciona, explica o investigador Luís Fernandes, experiências «psiconáuticas». A cocaína surge associada a ambientes de festas (privadas ou públicas) ou para melhorar as performances no trabalho.Através de entrevistas aprofundadas, realizadas em contexto natural - como cafés, jardins, automóveis ou casas próprias -, os investigadores das Faculdades de Psicologia e de Ciências da Educação, da Universidade do Porto, tentaram perceber a trajectória da droga e a significação que lhe é dada pelos consumidores. Luís Fernandes, que realizou esta investigação entre 2000 e 2001, salienta que este estudo vem comprovar que a droga atravessa todas as classes da sociedade e que nos estratos mais elevadas existem outros «recursos», um capital diferente para fazer face aos problemas associados ao consumo. Fonte: Diário de Notícias

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.