Drogas de substituição preocupam especialistas

Relatório da agência europeia de monitorização do fenómeno da droga

28 maio 2014
  |  Partilhar:

Apesar de a heroína continuar em declínio na Europa, as drogas de substituição causam grandes preocupações aos responsáveis europeus, dá conta o último relatório da agência europeia de monitorização do fenómeno da droga (EMCDDA).
 

O relatório ao qual a agência Lusa teve acesso constatou que a heroína parece estar a ser substituída por outras substâncias, incluindo opiáceos e estimulantes sintéticos.
 

Adicionalmente, “a ausência de intervenções suficientes destinadas a reduzir a procura, em especial no que se refere à oferta de tratamentos, e de medidas de redução dos danos pode ser igualmente um fator importante”, refere o documento.
 

Globalmente, as mortes relacionadas com a droga baixaram. Foram notificadas cerca de 6.100 mortes por 'overdose' na Europa em 2012, na sua maioria ligada aos opiáceos, mas estes dados representam uma redução em relação a 2011 (com 6.500 casos notificados) e 2009 (7.100 casos).
 

Apesar de a heroína estar ainda envolvida em muitas 'overdoses' fatais, as mortes relacionadas com o seu consumo estão, de um modo geral, a diminuir, enquanto as relacionadas com o consumo de opiáceos sintéticos estão a aumentar em alguns países.
 

Estima-se que a taxa média de mortalidade por 'overdoses' na Europa seja de cerca de 17 mortes por milhão de habitantes (entre os 15 e os 64 anos), mas há grandes variações a nível nacional. Cinco países registaram taxas superiores a 50 mortes por milhão de habitantes, sendo as mais elevadas notificadas pela Estónia (191 por milhão) e pela Noruega (76 por milhão), seguidas da Irlanda (70 por milhão), Suécia (63 por milhão) e Finlândia (58 por milhão).
 

O documento apresentado adverte ainda que a elevada potência de algumas substâncias sintéticas dificulta ainda mais a sua deteção, dado que estão presentes no sangue em concentrações muito baixas.
 

“A emergência de substâncias sintéticas extraordinariamente potentes tem igualmente implicações ao nível da aplicação da lei, na medida em que mesmo pequenas quantidades destas drogas podem dar origem a inúmeras doses”, sublinham.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.