Doutoramento em Biologia Computacional

Primeiro programa arranca em Setembro

07 julho 2005
  |  Partilhar:

 

 

O primeiro programa de doutoramento em Biologia Computacional em Portugal terá início em Setembro, numa iniciativa do Instituto Gulbenkian de Ciência (IGC), disse fonte da Fundação Calouste Gulbenkian.
 

 

O programa, com carácter de experiência-piloto numa área até agora incipiente no país, tem por objectivo possibilitar a formação de 48 doutorados nos próximos anos. Segundo a Fundação, o seu lançamento nasce da experiência acumulada no IGC na área da Biologia Computacional e dos programas Gulbenkian de doutoramento.
 

 

Considerada uma área chave na investigação em Biomedicina, a Biologia Computacional, também conhecida como Bioinformática, requer uma formação integrada e interdisciplinar capaz de mobilizar conhecimentos de campos tão diversos como a Medicina, a Biologia, a Matemática e as Ciências da Computação, refere uma nota da Fundação Calouste Gulbenkian.
 

 

O programa de doutoramento realiza-se sob a égide do IGC, em parceria com a Siemens Portugal e a Fundação para a Ciência e a Tecnologia, numa cooperação que será concretizada na quarta-feira à tarde com a assinatura, na Fundação Calouste Gulbenkian, de um protocolo entre as três instituições.
 

 

Fonte: Lusa
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.