Dormir reduz a sensibilidade à dor

Estudo publicado na revista “SLEEP”

06 dezembro 2012
  |  Partilhar:

Dormir mais horas por noite reduz a sensibilidade à dor, sugere um estudo publicado na revista “SLEEP”.
 

“Os nossos resultados sugerem que o número de horas adequado de sono poderá ser importante para as doenças crónicas da dor e na preparação de procedimentos cirúrgicos”, revelou, em comunicado de imprensa”, o líder do estudo, Timothy Roehrs.
 

Neste estudo os investigadores da Wayne State University, nos EUA, contaram com a participação de 18 indivíduos saudáveis os quais foram divididos em dois grupos distintos. Um dos grupos manteve, durante quatro noites, o número habitual de horas de sono, enquanto o outro permaneceu 10 horas por noite na cama. A sonolência diurna foi medida através do teste de latência múltipla do sono, e a sensibilidade à dor foi avaliada através de um estímulo de calor radiante.
 

Os investigadores verificaram que o grupo que prolongou o sono, dormiu mais 1,8 horas do que o grupo de controlo. Este aumento no número de horas de sono, durante as quatro noites, foi associado com uma maior vigilância diurna e menor sensibilidade à dor.
 

O estudo apurou que o grupo que dormiu mais horas aumentou em 25% o tempo de contacto com uma fonte de calor radiante, o que reflete uma redução da sensibilidade à dor. De acordo com os autores do estudo, este aumento é maior que o efeito previamente encontrado com a utilização de 60mg de codeína.
 

Segundo os investigadores, este é o primeiro estudo a demonstrar que o aumento das horas de sono em indivíduos cronicamente privados de sono reduz a sensibilidade à dor. Estes resultados assim como os de estudos anteriores sugerem que a sensibilidade aumentada à dor em indivíduos com privação do sono é o resultado da sua sonolência subjacente.

 

ALERT Life Sciences Computing S.A.

Partilhar:
Classificações: 1 Média: 5
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.