Dormir poucas horas contribui para aumentar o peso

Estudo publicado nos “Proceedings of the National Academy of Sciences”

13 março 2013
  |  Partilhar:

Os indivíduos que dormem poucas horas tendem a comer mais e consequentemente a aumentar de peso, sugere um estudo publicado nos “Proceedings of the National Academy of Sciences”.
 

Estudos anteriores já tinham demonstrado que havia uma associação entre uma duração de sono insuficiente e a obesidade. Contudo, havia pouca informação acerca da forma como as noites repetidas de sono insuficiente afetavam o equilíbrio energético.
 

Neste estudo, os investigadores da University of Colorado, nos EUA, convidaram 16 jovens adultos, magros e saudáveis a viver numa “suite de sono” ao longo de duas semanas. Esta “suite,” que oferecia um ambiente calmo e tranquilo, também permitia que os investigadores controlassem alguns parâmeros nomeadamente a luz, medição de oxigénio inspirado e dióxido de carbono expirado pelos participantes, permitindo-lhes determinar a quantidade de energia utilizada.
 

Nos primeiros três dias todos os participantes tiveram a oportunidade de dormir nove horas por noite, tendo à sua disposição alimentos necessários para a manutenção do seu peso. Os participantes foram depois divididos em dois grupos: o primeiro só podia dormir cinco horas por noite e outro continuou a dormir as nove horas. Nesta fase, todos os participantes tiveram acesso a refeições maiores e a refeições ligeiras que incluíam iogurtes, batatas fritas e gelados, durante todo o dia. Posteriormente os grupos foram trocados.
 

O estudo apurou que os participantes que apenas tinham dormido cinco horas por noite, queimavam, em média, mais 5% das calorias comparativamente com aqueles que dormiam nove horas, mas consumiam mais 6% de calorias. Os participantes que dormiram menos horas também ingeriram refeições mais pequenas, mas comiam mais entre as refeições. A quantidade de calorias consumida nas refeições ligeiras durante a noite era maior do que as calorias presentes numa só refeição.
 

Os investigadores verificaram que dormir menos horas conduzia a um aumento de cerca de 0,8 kg e causava alterações no relógio biológico.
 

De acordo com os investigadores, estes resultados vão de encontro à crescente evidência de que comer em demasia à noite pode conduzir ao aumento de peso. Quando as pessoas não dormem suficientemente ingerem alimentos durante a noite, uma altura em que o seu organismo não está preparado para assimilar os alimentos.
 

Na opinião do líder do estudo, Kenneth Wright, dormir mais não conduz à perda de peso, mas pode ajudar. “A incorporação de horas adequadas de sono nos programas de perda e manutenção de peso pode ajudar as pessoas a manter um peso saudável”, conclui o investigador.
 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Classificações: 1 Média: 5
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.