Dor crónica é “um grave problema de saúde pública”

I Simpósio Internacional de Reabilitação em Patologia Vertebral

01 novembro 2005
  |  Partilhar:

 

O tratamento da dor crónica foi debatido no I Simpósio Internacional de Reabilitação em Patologia Vertebral realizado na semana passada no Porto e onde estiveram presentes cerca de 200 especialistas nacionais e internacionais. Segundo o organizador do evento, Ruben Almeida, “tem havido uma enorme evolução nas técnicas terapêuticas, mas há muitas falhas na sua aplicação”.
 

 

O mesmo responsável apontou a necessidade de uma maior aposta na formação e informação das diferentes entidades que tratam estes doentes, a nível dos centros de saúde. Em declaração à agência Lusa, Ruben Almeida afirmou que a dor crónica representa “um grave problema de saúde pública, com repercussões sócio-económicas comparáveis às das doenças cardiovasculares ou oncológicas”.
 

Calcula-se que cerca de dois milhões de portugueses sofra de dor crónica.
 

 

Fonte: Lusa
 

MNI-Médicos Na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.