Dor crónica afecta 75 milhões de europeus

Uma em cada cinco pessoas sofre sem tratamento adequado

14 outubro 2003
  |  Partilhar:

Um em cada cinco europeus – cerca de 75 milhões de pessoas – sofre de dor crónica, segundo um estudo divulgado recentemente. O estudo Pain in Europe afirma ainda que 15 milhões de europeus já pensaram em suicidar-se e que o problema causa um prejuízo de 35 mil milhões de euros por causa das ausências no trabalho. A pesquisa foi realizada como parte da Semana Europeia contra a Dor, uma iniciativa da Federação Europeia das Associações Nacionais para o Estudo da Dor. Segundo o relatório, um quinto dos que sofrem da condição têm tido o problema ao longo de 20 anos sem conseguir o tratamento necessário. «A dor crónica não é apenas um sintoma, ela deveria ser considerada como uma doença mesmo e está na hora de reflectirmos sobre isso», disse à BBC o presidente da federação, Harald Breivik. E alerta: «Os serviços especializados no tratamento da dor ou são inexistentes ou estão no limite, com clínicos gerais a receber apenas um treino mínimo a longo de toda a carreira». Mais de 46 mil pessoas foram entrevistadas pelos investigadores. E concluiu que um em cada cinco dos que sofrem de dor crónica diz ter perdido o emprego por causa da doença. O problema também teria tido um impacto nas relações pessoais. Trinta e quatro por cento afirmaram que a vida sexual também foi afectada. A dor também afecta o sono das vítimas, com 73 por cento a dizer que tinham mais dificuldades em dormir à noite, e 26 por cento afirmando não poder conversar com os seus parceiros a respeito do assunto. Enquanto a maioria parecia estar satisfeita com o atendimento médico recebido, 43 por cento responderam que os médicos preferiam tratar uma doença e não a dor em si. Apenas 23 por cento dos que sofrem de dor crónica disseram ter sido encaminhados para um especialista no assunto, e um em cada três disse ter pouca confiança na capacidade do seu médico em resolver o problema.  Quase 40 por cento disseram que a dor deles estava sendo controlada inadequadamente. Traduzido e adaptado por:Paula Pedro MartinsJornalistaMNI-Médicos Na Internet 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.