Dois fármacos contra a Diabetes aumentam o risco de Paragem Cardíaca

Estudo apresentado na revista “Diabetes Cares”

02 setembro 2007
  |  Partilhar:

Dois fármacos administrados para o tratamento da Diabetes tipo 2 duplicam o risco de problemas cardíacos, revelou um estudo publicado na revista “Diabetes Cares”.
 

 

“Estes medicamentos são utilizados por mais de três milhões de diabéticos só nos EUA, o que significa que pode haver milhões de pessoas afectadas”, afirmou Sonai Singh, professor de Medicina Interna da Wake Forest University, na Carolina do Norte, EUA.
 

 

No estudo, realizado com 78 mil doentes, os autores demonstram que o risco de Paragem Cardíaca pode ter aumentado cerca de 100% nas pessoas que tomam glitazonas, uma de fármacos vendidos ao público como a “Avandia” e “Actos”, destinados a aumentar a sensibilidade à insulina.
 

 

Segundo os autores, o glitazonas pode mesmo causar retenção de líquidos e activar a Paragem Cardíaca, em pessoas com problemas do foro cardíaco.
 

 

Um estudo anterior, divulgado no início deste ano, já tinha apontado o “Avandia” com um dos medicamentos associados ao aumento dos Enfartes do Miocárdio e à morte por problemas cardiovasculares.
 

 

Os investigadores adiantaram que a reacção adversa aos fármacos não se limita a idosos, demonstrando que em cerca de 25% dos casos foi registada uma reacção em homens e mulheres com menos de 60 anos.
 

 

Fontes: Lusa e Imprensa Internacional
 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.