Doentes querem que Tafamidis se mantenha gratuito

Restrições orçamentais impostas pelo Governo são receadas

02 outubro 2012
  |  Partilhar:

Os indivíduos com paramiloidose que começaram a tomar o Tafamidis sentem-se melhor, mas vão continuar a luta para que o fármaco se mantenha gratuito através do Serviço Nacional de Saúde (SNS).
 

A notícia avançada pela agência Lusa refere que os pacientes reconheceram que o Tafamidis está a fazer efeito, na maior parte dos casos, mas que estes receiam que as restrições orçamentais impostas pelo Governo façam com que deixe de estar disponível gratuitamente através do SNS.
 

Por isso, Paula Dourado, uma das doentes, afirma que quem sofre com esta patologia, “não pode dar o medicamento como garantido”, porque, a qualquer momento, “tudo pode mudar”.
 

Tanto mais que, e ao longo destes últimos meses, “tivemos surpresas desagradáveis, nomeadamente quando o fármaco foi suspenso temporariamente”.
 

Há três meses a tomar o medicamento, Lígia Morgado diz também não ter tantas dores e já consegue “aguentar mais atividades físicas. Antes, sentia-se “muito fraca”.
 

Em relação ao futuro, esta doente espera que o Governo “mantenha o medicamento gratuito”, porque se “houvesse um retrocesso, seria catastrófico”.
 

José Carreira é hoje uma pessoa completamente diferente daquela que a Lusa entrevistou há uns meses, quando a toma do Tafamidis ainda "era sonho”.
 

Agora, e depois de um “um mês e meio” com o medicamento garante que “tem muitas opções de vida” e que já pode fazer “tudo”, não se sente tão cansado.
 

Sobre a luta que os doentes travaram junto do Governo para que o Tafamidis fosse disponibilizado, José Carreira aponta que “havia um medicamento, uma doença e doentes”, portanto, a “lógica seria dar, de imediato, o Tafamidis a quem precisava de tomá-lo”.
 

Em vez disso, “foi um processo longo, exaustivo que não trouxe benefícios para ninguém”, lamentou.
 

Até ao final do ano, cerca de 210 doentes em Portugal deverão estar a tomar o Tafamidis, um medicamento que trata a paramiloidose.
 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Classificações: 1 Média: 4
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.