Doentes e idosos não estão protegidos contra a gripe

Estudo apresentado em Bruxelas

27 setembro 2004
  |  Partilhar:

Pessoas com mais de 65 anos e pacientes com doenças crónicas não estão protegidos de maneira suficiente contra a gripe, que, segundo um estudo do grupo farmacêutico franco-alemão Aventis Pasteur MSD, ameaça a Europa. O estudo, apresentado recentemente em Bruxelas, foi realizado depois de analisar dez mil pessoas em cinco países europeus (Reino Unido, Alemanha, Espanha, Itália e França). Demonstra que o grau de vacinação é insuficiente, já que na Europa apenas 62 por cento dos idosos estão protegidos contra a gripe, enquanto a Organização Mundial da Saúde (OMS) tem como objectivo vacinar 75 por cento da população mundial antes de 2010. Durante o último Inverno, o grau de vacinação das pessoas mais velhas variou de 45 por cento na Alemanha a 73 por cento no Reino Unido. O grau de vacinação aumentou apenas em Espanha (de 59% em 2002 par 69% em 2003), ao contrário do que aconteceu em outros países europeus, onde permaneceu estável ou inclusive diminuiu nos últimos anos. Segundo estatísticas da OMS, a gripe mata anualmente entre 250 a 500 mil pessoas e outras três a cinco milhões adoecem com o vírus. A composição do vírus da gripe muda constantemente, por isso, muitas vezes, o sistema imunitário não consegue vencê-lo. A OMS teme que possa desenvolver-se no futuro uma verdadeira pandemia de gripe, que surgiria com a mistura de vários vírus novos e que pode matar de dois a 7,4 milhões de pessoas. A pandemia mais conhecida foi a «gripe espanhola» em 1918 que oficialmente causou a morte de 20 milhões de pessoas, em especial crianças e jovens. Traduzido e adaptado por: Paula Pedro Martins Jornalista MNI-Médicos Na Internet

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.