Doentes com Lúpus aumentam no Norte do país

Estudo do Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar

22 maio 2008
  |  Partilhar:

O número de doentes com Lúpus tem vindo a aumentar nos últimos anos na região Norte de Portugal, revela um estudo divulgado no Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar (ICBAS).
 

 

O aumento do número de doentes no Norte do país consta da tese de doutoramento de Carlos Vasconcelos, responsável pela Unidade de Imunologia Clínica do Hospital Santo António, no Porto, que realizou um levantamento inédito da prevalência e incidência desta doença no Norte do país.
 

 

As conclusões do trabalho indicam que, em 88% dos casos, os doentes são do sexo feminino, têm uma idade média de 31 anos e uma sobrevida ao diagnóstico de 15 anos. O estudo também indica que a doença afecta dez mulheres para cada homem.
 

 

Na década de 60, mais de metade das pessoas afectadas com Lúpus não estava viva cinco anos após as primeiras manifestações da doença.
 

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.