Doenças oculares: nova abordagem de tratamento?

Estudo publicado no “Journal of Experimental Medicine”

08 fevereiro 2016
  |  Partilhar:

Investigadores americanos descobriram novas abordagens para o tratamento de doenças oculares, como é o caso da degenerescência macular associada à idade, atesta um estudo publicado no “Journal of Experimental Medicine”.
 

A degenerescência macular associada à idade é uma das principais causas de problemas de visão na terceira idade sendo causada pela degeneração de células na camada da retina do olho. A morte das células da retina pode ser induzida através das células fagocíticas do sistema imunológico que se infiltram no tecido em resposta a uma lesão ou infeção. Contudo, os sinais moleculares que desencadeiam a invasão das células fagocíticas são em grande parte desconhecidos.
 

No estudo os investigadores do departamento de Imunologia da empresa Genentech, nos EUA, descobriram que uma proteína sinalizadora pró-inflamatória denominada por interleuquina (IL) 33 desempenha um papel central no recrutamento das células fagocíticas que danificam a retina e induzem a sua degeneração.
 

Através de estudos realizados em ratos e ratinhos, os investigadores liderados por Hongkang Xi e Menno van Lookeren Campagne, constataram que um tipo de células glias da retina, as células Müller produziam IL-33 em resposta a danos na retina. A citoquina posteriormente liga-se ao seu recetor na superfície das células Müller e induz a libertação de proteínas inflamatórias adicionais que atraem as células fagocíticas para danificarem a retina. O estudo apurou que o bloqueio do recetor da IL-33 inibiu este processo e impediu os danos induzidos pela degenerescência da retina induzida por lesão.
 

Os investigadores também constataram que os níveis de IL-33 também se encontram aumentados nas retinas dos pacientes com degenerescência macular associada à idade, o que sugere que esta via pode também ocorrer nos humanos. Assim, a inibição da IL-33 pode ajudar no tratamento da degenerescência macular associada à idade, bem como noutras doenças degenerativas da retina.
 

De acordo com os investigadores, este estudo demonstrou, pela primeira vez, que há um aumento da expressão da IL-33 na degenerescência macular associada à idade. Foi também provado que esta citoquina desempenha um papel importante na acumulação de células mieloides no exterior da retina, perda de fotorreceptores e comprometimento funcional da retina em modelos pré-clínicos de stress da retina.
 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.