Doenças não-infecciosas e mortalidade no mundo

Relatório da OMS

26 agosto 2008
  |  Partilhar:

O Relatório 2008 da Organização Mundial da Saúde (OMS) mostra que doenças como Sida, Tuberculose, Tétano neo-natal e Malária tornar-se-ão causas de morte menos importantes, enquanto doenças cardíacas, cancro, AVC, Diabetes e acidentes de trânsito farão a maior percentagem de vítimas no mundo.
 

 

Ainda haverá grandes disparidades no mundo, adverte o relatório. As doenças infecciosas continuarão a ser as grandes causas de morte em África, mas devem diminuir na Ásia.
 

 

No entanto, de acordo com o relatório, estima-se que a taxa anual de mortes por Sida caia para 1,8% de todas as mortes em 2030.
 

 

O relatório também indica que 100 milhões de pessoas em todo o mundo empobrecem a cada ano para pagar planos de saúde, e 40% de mulheres grávidas e bebés não recebem cuidados médicos básicos ou vacinação.
 

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.