Doença Pulmonar Obstrutiva Crónica afecta 6% dos portugueses

Gold e SPP avaliam prevalência da doença

16 novembro 2007
  |  Partilhar:

 

Cerca de 600 mil portugueses, cerca de 6% da população, sofrem de Doença Pulmonar Obstrutiva Crónica, que continua a ser subestimada, alertou esta semana, em Espinho, a especialista Paula Simão.
 

 

A especialista, que faz parte da organização comemorativa do Dia Mundial da Doença Pulmonar Obstrutiva Crónica, frisou que o número das pessoas afectadas em Portugal "continua a subir".
 

 

"De acordo com um estudo que já tem alguns anos, a doença atinge entre 5 a 6% da população portuguesa, ou seja, entre 500 mil e 600 mil pessoas", disse a responsável, acrescentando que "actualmente esse número deverá ser mais elevado".
 

 

A especialista anunciou ainda que a Gold (Iniciativa Global para a Doença Pulmonar Obstrutiva Crónica) e a Sociedade Portuguesa de Pneumologia (SPP) estão a efectuar um estudo "para avaliar a prevalência da doença em Portugal" na actualidade, cujos resultados deverão ser conhecidos no próximo ano.
 

 

Fonte: Lusa
 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.