Doença hepática: mecanismo da supressão imune descoberto

Estudo publicado na “Nature Medicine”

16 abril 2014
  |  Partilhar:

Investigadores do Reino Unido descobriram o mecanismo responsável pela suscetibilidade à infeção dos pacientes com doença hepática. O estudo publicado na revista “Nature Medicine” sugere também um possível tratamento para reverter a imunossupressão nestes pacientes.
 

Os pacientes com doença hepática apresentam, devido à sua imunidade reduzida, um risco cinco vezes aumentado de adquirir infeções nos hospitais comparativamente com pacientes com outras doenças crónicas.
 

Neste estudo os investigadores da University College London, no Reino Unido, sugerem que a causa da hipersensibilidade à infeção dos pacientes com cirrose é devida à excessiva produção de uma hormona lipídica, a prostaglandina E2 (PGE2). O estudo refere que esta hormona impede os leucócitos de ingerirem e matarem as bactérias.
 

De forma a chegarem a estas conclusões, os investigadores analisaram 75 amostras de sangue provenientes de pacientes de diferentes hospitais do Reino Unido e um de Espanha. O estudo apurou que, nos pacientes com doença hepática, a diminuição da concentração da albumina, que catalisa a inativação da PGE2, contribuía para a imunidade reduzida.
 

“Há 30 anos atrás observou-se que havia uma resposta imune reduzida nos pacientes com cirrose e que a infeção era a principal causa de morte deste pacientes. Contudo, até à data ainda não eram conhecidos os fatores responsáveis por esta diminuição da imunidade”, explicou, o líder do estudo, Derek Gilroy.
 

O investigador acrescenta que agora descobriram que o sistema imune dos pacientes com doença hepática avançada pode ser estimulado, pelo menos ao longo de 24horas, com a infusão de albumina e diminuir os efeitos da PGE2.
 

“Propomos que albumina seja administrada diariamente para melhorar o sistema imune dos pacientes e consequentemente prevenir a infeção”, Derek Gilroy.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.