Doença genética rara no mundo atinge família do Uruguai

Médicos afastam hipótese de variante humana das vacas loucas

03 outubro 2004
  |  Partilhar:

 

 

 

Uma família uruguaia é portadora de uma doença nervosa de transmissão hereditária sem antecedentes no mundo, informaram fontes médicas em Montevideu.
 

 

Trata-se de uma mutação de uma doença de carácter hereditário, que causa uma degeneração do sistema nervoso até a morte.
 

 

Em declarações às agências de notícias, os investigadores informaram tratar-se de uma doença «que está dentro do que é o Creutzfeldt-Jacob, entre as quais se inclui a doença das vacas loucas e outros doenças do sistema nervoso». Aparentemente, é a única registrada no mundo e ainda não existe tratamento.
 

 

O especialista notou o carácter hereditário da doença e pôs de parte qualquer relação com o consumo de carne na patologia, porque «a doença não está vinculada à ingestão de carnes bovina nem nada parecido. É uma doença hereditária única».
 

 

Os estudos clínicos foram feitos pela Faculdade de Medicina da Universidade estatal e do Instituto de Neurologia do Uruguai.
 

 

Traduzido e adaptado por:
 

Paula Pedro Martins
 

Jornalista
 

MNI-Médicos Na Internet
 

 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.