Doença dos Pezinhos: cerca de 210 portugueses estarão a tomar Tafamidis

Declarações do presidente da Associação Portuguesa de Paramiloidose

19 setembro 2012
  |  Partilhar:

Em Portugal cerca de 210 doentes com paramiloidose (doença dos Pezinhos) deverão estar até ao final do ano a tomar o Tafamidis, de acordo com o presidente da Associação Portuguesa de Paramiloidose.

 

Até agora, o Hospital de Santo António, no Porto, já disponibilizou o medicamento a “81 doentes”, sendo que na Unidade de Santa Maria, em Lisboa, há, nesta fase, “20 doentes” em tratamento, disse Carlos Figueiras à agência Lusa.

 

Assim, e até dezembro, os hospitais portugueses que disponibilizam gratuitamente o Tafamidis, através do Serviço Nacional de Saúde (SNS), deverão incluir mais “89” doentes no Porto e “20” em Lisboa, assegurou ainda Carlos Figueiras.

 

Isto quer dizer que, “os doentes estão a ser tratados, tal como havia sido prometido pelo Governo”, em maio, aquando a assinatura do acordo para disponibilizar o fármaco assinado entre o Infarmed, a Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde e a empresa farmacêutica Pfizer.

 

Na altura, o Ministro da Saúde, Paulo Macedo, anunciou que nos próximos dois anos o Estado iria investir “30 milhões de euros” neste fármaco que deveria ser ministrado a cerca de 450 doentes.

 

A paramiloidose, vulgarmente conhecida como a “doença dos pezinhos”, é uma doença crónica, neurodegenerativa, progressiva e hereditária, que se manifesta entre os 25 e os 35 anos.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Classificações: 1 Média: 5
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.