Doença do legionário em duas pessoas de Coimbra

Doentes internados nos Cuidados Intensivos

18 novembro 2003
  |  Partilhar:

Os dois casos de infecção pulmomar por legionela registados na semana passada em Coimbra «não estão relacionados entre si, não havendo também evidência de focos contaminantes, nomeadamente nos locais de trabalho dos dois doentes», disse ontem ao DN o delegado regional de saúde do Centro, José Tereso, que está a acompanhar a situação.Os doentes são um bancário e um funcionário da Segurança Social da cidade e estão internados nos Cuidados Intensivos do Hospital Geral dos Covões, do Centro Hospitalar de Coimbra. A legionela é uma bactéria que prolifera em ambientes húmidos, como nas águas paradas ou nas torres de arrefecimento dos sistemas de ar condicionado que são utilizados, em grandes edifícios, por empresas ou hotéis. A sua transmissão faz-se geralmente através da inalação de micropartículas de água contaminadas com o microorganismo, mas não se conhecem casos de contágio pessoa a pessoa.Nesta altura sabe-se já que a bactéria que infectou os dois doentes é a legionela pneumófila tipo 1, que causa pneumonia. Decorrem agora investigações laboratoriais, epidemiológicas e ambientais para determinar a origem (ou origens) do contágio destes dois doentes. «Saberemos dentro de dias», adiantou José Tereso.Fonte: Diário de Notícias

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.