Doença de Parkinson: exercício físico é essencial

Alertam especialistas

26 setembro 2014
  |  Partilhar:

Dançar ou correr ajuda a tratar a doença de Parkinson, mas em Portugal são poucos os pacientes que têm acesso a este tipo de terapia, alertam os especialistas.
 

"O acesso à fisioterapia é ainda muito limitado, porque o número de sessões é limitado e hoje sabemos que é um benefício os doentes de Parkinson manterem programas mais continuados no tempo e mais intensivos", referiu à agência Lusa o neurologista Joaquim Ferreira.
 

De acordo com o investigador da Universidade de Lisboa, "a fisioterapia que se usa para tratar doentes com problemas ortopédicos ou que tiveram Acidentes Vasculares Cerebrais não é a mesma para os doentes de Parkinson".
 

Vários estudos têm constatado que a fisioterapia ou atividades regulares como dança, caminhada em passo acelerado ou corrida, são benéficas no tratamento de doentes de Parkinson, mas "a maior parte dos doentes em Portugal não faz qualquer programa de reabilitação", disse.
 

Em Portugal, 18 mil pessoas padecem da doença, o que coloca Portugal na média dos países europeus.
 

Joaquim Ferreira preside o Comité de Educação da Sociedade Internacional da Doença de Parkinson, que organizou o seu segundo encontro internacional de verão, que teve início ontem e que decorre até sábado, em Torres Vedras.
 

Ao longo destes três dias, médicos e terapeutas na área da reabilitação física vão contactar com dez dos melhores especialistas em doença de Parkinson a nível mundial, entre eles Olivier Rascol, que no sábado vai falar sobre metodologias a adotar no tratamento.
 

O especialista, que é responsável pela secção europeia da Sociedade Internacional da Doença de Parkinson, é um dos investigadores mais conhecidos na área dos novos tratamentos para a doença.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Classificações: 1 Média: 5
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.