Doença de Alzheimer: menor incidência em negros africanos

Aspectos ambientais e culturais são importantes

13 fevereiro 2001
  |  Partilhar:

Um estudo recente mostra que os negros oriundos de África que vivem em Indianápolis, no estado de Indiana nos EUA, têm maior probabilidade de desenvolver a doença de Alzheimer e demência do que aqueles que vivem na Nigéria, em África.
 

 

Este estudo, pioneiro segundo os autores, mostra a relevância dos factores ambientais e culturais no desenvolvimento desta doença.
 

 

Um grupo de residentes americanos e africanos, com idades superiores a 65 anos, foram seguidos durante 5 anos, durante os quais se fez a análise da incidência da doença.
 

 

Novos casos de doença de Alzheimer eram detectados em 1.15% do grupo de africanos e em 2.52% do grupo de americanos, em cada ano. A incidência de demência foi de 1.35% entre os africanos e de 3.24% entre os residentes dos EUA.
 

 

Os cientistas encontraram também uma associação ténue significativa entre a doença de Alzheimer e um gene, o APOE e4. Esta relação existia no grupo de Indianápolis mas não no grupo nigeriano.
 

 

O grupo nigeriano é também mais saudável em termos circulatórios e vasculares. Este grupo não apresentava os factores de risco geralmente associados a estas doenças como níveis elevados de colesterol, excesso de peso e pressão sanguínea elevada. Os autores afirmam que doenças vasculares podem contribuir para o aparecimento de demência e para o desenvolvimento da doença de Alzheimer.
 

 

Os autores concluem que este estudo reforça a ideia de que factores culturais e ambientais, em conjunto com predisposições genéticas, têm uma grande influência na susceptibilidade à doença de Alzheimer.
 

 

Os autores advertem ainda que a doença de Alzheimer pode vir a apresentar um grande risco para a saúde pública em todo o mundo, neste século. Vinte milhões de pessoas em todo o mundo, e 4 milhões nos EUA, sofrem desta doença.
 

 

Os resultados foram publicados na edição de 14 de fevereiro do The Journal of the American Medical Association.
 

 

Helder Pereira
 

MNI - Médicos Na Internet
 

 

Fonte: Reuters Health

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.