Doença celíaca atinge cerca de 100 mil portugueses

Dados da Associação Portuguesa de Celíacos

02 dezembro 2010
  |  Partilhar:

Cerca de 100 mil pessoas deverão ter doença celíaca em Portugal, mas só oito mil estão diagnosticadas, segundo dados veiculados pela Associação Portuguesa de Celíacos.

 

A Associação Portuguesa de Celíacos lamenta este sub-diagnóstico, que, em parte, se deve ao preço das análises específicas para a detecção da doença que não são comparticipadas pelo Serviço Nacional de Saúde.

 

Segundo a presidente da associação, Marina Van Zeller, o preço das análises ronda os 250 euros. Outro dos problemas que enfrentam os celíacos é o preço dos alimentos isentos de glúten. Segundo explicou a especialista, citada pela agência Lusa, um pacote de massa sem glúten pode custar quase quatro euros, enquanto uma embalagem normal pode ficar por menos de 0,70 euros.

 

“Há pessoas, sobretudo neste momento de crise, que estão a atravessar grandes dificuldades e para quem é difícil aceder a estes alimentos”, alertou Marina Van Zeller. Contudo, o único tratamento para os doentes celíacos é uma dieta isenta em glúten, proteína presente em muitos cereais.

 

No próximo ano, as principais cadeias de hipermercados em Portugal deverão começar a produzir produtos brancos sem glúten, facto que irá baixar significativamente o preço dos produtos. Ao nível estatal as famílias podem contar com um abono suplementar de doença crónica, mas a responsável teme que possa vir a ser cortado face ao contexto de restrição orçamental.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.