Doença celíaca afecta cerca de 100 a 300 mil portugueses

Dia internacional comemorou-se na passada quinta-feira

09 maio 2010
  |  Partilhar:

A doença celíaca, uma doença auto-imune caracterizada pela intolerância ao glúten, afecta cerca de 100 a 300 mil portugueses, apesar de apenas 5 a 8 mil estarem diagnosticados.

 

Em declarações à agência Lusa, a presidente da Associação Portuguesa de Nutricionistas, Alexandra Bento, explicou que esta patologia caracterizada “pela intolerância a uma proteína que está presente em quatro alimentos: o trigo, o centeio, a cevada e a aveia. Há vários sintomas da doença celíaca, mas aquele que é mais facilmente perceptível são as diarreias fortes”.

 

De acordo com a presidente da associação, o consumo de glúten pelas pessoas que sofrem de intolerância a esta proteína faz com que desapareçam as vilosidades intestinais, que permitem que haja uma eficiente absorção dos nutrientes.

 

“Como as vilosidades intestinais desaparecem, a mucosa intestinal fica praticamente plana e há dificuldades na absorção dos nutrientes dos alimentos e a partir daí, se há dificuldade, a grande consequência é o baixo peso e a criança não progride”, apontou.

 

Raquel Madureira, da Associação Portuguesa de Celíacos (APC), revelou que esta doença limitativa, que afecta sobretudo a vida social de quem dela padece, deixou de ser uma doença exclusiva de crianças e que, apesar de já ser conhecida há centenas de anos, continuam a aparecer cada vez mais casos.
 

“Toda a vida fora de casa é complicada, férias, jantares, tudo. A vida dentro de casa não é tão complicada porque já há imensos alimentos sem glúten. No entanto, continua a não ser livre de preocupações porque há muitos alimentos que têm glúten sendo que essa informação não é referida no rótulo e as pessoas estão sempre em risco constante”, acrescentou.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A
 

 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.