Divórcios aumentam devido à Internet

Conselheiros matrimoniais fazem retrato da realidade no Reino Unido

16 dezembro 2004
  |  Partilhar:

  A internet está a contribuir para o aumento do número de divórcios na Grã-Bretanha, segundo uma equipa de conselheiros matrimoniais daquele país. Depois de uma redução no final da década de 90, o número de divórcios em Inglaterra e País de Gales voltou a subir, aumentando pelo terceiro ano consecutivo e batendo o recorde dos últimos sete anos.O grupo de apoio a casais, denominado Relate,  diz que parte do problema é o aumento do número de websites e salas de conversação virtuais que facilitam o contacto com velhos amigos e até restabelecendo relacionamentos.Christine Northam, da Relate, explica que o primeiro romance de alguém costuma exercer uma forte influência na vida adulta, e pode ser uma grande tentação procurar namorados e namoradas do passado em websites. Um em cada cinco adultos britânicos visitam o Friends Reunited regularmente e há muitos casos de pessoas que começam relacionamentos na internet e até acabaram por casar.  O fundador do site, Steve Pankhurst, questionado pela agência Reuters, disse ser estatisticamente inevitável que haja um lado negativo, mas que o seu site é tão responsável por divórcios quanto outros métodos de comunicação.O crescimento da internet e do correio electrónico mudou a forma como as pessoas interagem socialmente. Mas outros factores são responsáveis pelo aumento da incidência de divórcios na Grã-Bretanha, como as longas horas de trabalho. O que pode ser mais significativo é que acontecem mais divórcios apesar de existirem menos casamentos.Traduzido e adaptado por:Paula Pedro MartinsJornalistaMNI-Médicos Na Internet

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.