Dívidas antigas dos hospitais à indústria transformadas em dívida pública
19 junho 2001
  |  Partilhar:

A dívida dos hospitais à indústria farmacêutica até ao fim de 2000, que ascendia a 86 milhões de contos, deverá ser transformada em dívida pública ou paga através do reforço dos orçamentos dos hospitais.
 

 

Quanto à dívida contraída a partir de 2001, que segundo dados da Apifarma correspondia a cerca de seis milhões de contos até Março, poderá ser vendida à banca, suportando os hospitais os respectivos juros.
 

 

Estas medidas, que deverão ser concretizadas até ao fim de Setembro, são as propostas apresentadas pelo grupo de trabalho criado em Janeiro pela ministra da Saúde.
 

 

No caso de reforço das dotações orçamentais dos hospitais e da assunção de dívida pública não permitir o pagamento dos débitos até Dezembro de 2000, o Instituo de Gestão Financeira da Saúde deve assegurar que são pagas primeiro as dívidas mais antigas.
 

 

Quanto à dívida contraída já este ano, o grupo de trabalho recomenda que possa ser vendida a instituições financeiras através de um sistema de cessão de créditos.
 

 

Fonte: Lusa

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.