Distinguido estudo sobre papel de substância na falência do coração em caso de sépsis

Prémio Sanofi Cardiologia

23 abril 2015
  |  Partilhar:
Um estudo sobre o papel de uma substância na cardiomiopatia associada à sépsis, algo que poderá contribuir para o tratamento e redução da mortalidade nestes casos, foi distinguido com o Prémio Sanofi Cardiologia.
 
O prémio atribuído anualmente pela Sociedade Portuguesa de Cardiologia (SPC) foi este ano atribuído a Catarina Quina-Rodrigues, Francisco Vasques-Nóvoa, Rui Cerqueira, Adelino Leite-Moreira e Roberto Roncon-Albuquerque Jr, investigadores na Faculdade de Medicina da Universidade do Porto, do Hospital de Braga e do Centro Hospitalar S. João, de acordo com notícia da Lusa.
 
O estudo vencedor é uma investigação clínica que pretende apurar o papel do microRNA-155 na cardiomiopatia séptica, que constitui uma das principais causas de entrada nos serviços de cuidados intensivos.
 
Maria José Loureiro, da SPC, explicou à Lusa que “nos doentes que têm uma infeção generalizada, aquilo que as pessoas conhecem como sépsis ou septicémia, há associada uma falência do coração”, ou seja, a cardiomiopatia surge como consequência da infeção.
 
Esta, aliás, "é uma das principais causas de admissão nas unidades de cuidados intensivos” além de ser também “causa de morte nos indivíduos" com a infeção, referiu a especialista.
 
Segundo Maria José Loureiro, o trabalho de investigação "pretendia exatamente apurar qual era o papel de um alvo promissor específico no tratamento", o microRNA-155, que "apresenta um valor elevado quando existe cardiomiopatia séptica".
 
Os resultados a obter com este trabalho podem contribuir para reduzir a mortalidade nos casos de sépsis, salientou.
 
A SPC atribui um conjunto de prémios a investigadores portugueses na área da medicina cardiovascular. O Prémio Sanofi Cardiologia é o mais antigo, sendo esta a sua 46.ª edição, e tem como objetivo distinguir um trabalho que se tenha destacado na área da investigação clínica.
 
ALERT Life Sciences Computing, S.A.
Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.