Directores de serviço do Hospital Pedro Hispano apresentam demissão

Protesto contra controlo digital da assiduidade

03 janeiro 2007
  |  Partilhar:

Dezanove dos 25 directores de serviço do Hospital Pedro Hispano, em Matosinhos, apresentaram sexta-feira uma carta de demissão em resposta à decisão do Conselho de Administração da unidade de saúde de controlar a assiduidade por impressão digital.
 

 

A carta de demissão dos 19 directores de serviço foi recebida pela Direcção Clínica durante a manhã, enquanto decorria um encontro dos médicos do hospital com o bastonário da Ordem dos Médicos no auditório do hospital para debater precisamente este controlo de assiduidade.
 

 

Entretanto, o ministro da Saúde afirmou ontem, segunda-feira, em Matosinhos que os directores de serviço do hospital local, que anunciaram a intenção de se demitirem, vão manter-se nos cargos.
 

 

No final de uma reunião de cerca de duas horas com os médicos, para explicar os objectivos daquele sistema de controlo de assiduidade, o ministro António Correia de Campos disse desconhecer a existência de qualquer pedido formal de demissão.
 

 

O ministro da Saúde garantiu ainda que o sistema de controlo de assiduidade por impressão digital em vigor no Hospital Pedro Hispano, Matosinhos, será generalizado a todos os hospitais e centros de saúde do país "o mais depressa possível".
 

 

Fonte: Lusa e Público
 

MNI- Médicos na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.