Direcção Geral de Saúde propõe alteração do valor do IVA dos protectores solares

Parecer do dermatologista Osvaldo Correia

07 agosto 2008
  |  Partilhar:

A Direcção Geral da Saúde (DGS) propôs ao Ministério da Saúde a revisão do valor do IVA dos protectores solares, actualmente a 20% e considerados cosméticos.
 

 

O dermatologista convidado a formular o parecer agora enviado ao Ministério da Saúde, Osvaldo Correia, explicou à Lusa que apresentou à DGS um "ponto de situação da doença [cancro cutâneo] em Portugal", onde recomenda uma redução do custo dos protectores solares. "Não podemos dizer que o creme protector solar evita o aparecimento do cancro cutâneo mas é um instrumento utilizado, entre outros, para o prevenir", explicou o dermatologista para justificar a reavaliação do preço.
 

 

De acordo com Osvaldo Correia, apenas os produtos com um índice de protecção igual ou superior a 30 devem ver revisto o seu valor, atendendo que só a partir deste índice têm capacidades protectoras e atendendo a que só com estes índices de protecção e nas quantidades habitualmente utilizadas há uma efectiva protecção anti-UVA e anti-UVB.
 

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.