Direção Geral de Saúde divulga recomendações para o frio

Temperaturas descem acentuadamente em todo o país

31 dezembro 2014
  |  Partilhar:
A Direção Geral de Saúde (DGS) emitiu uma recomendação de cuidados especiais a adotar devido ao tempo frio que se tem vindo a sentir em Portugal, anunciou a agência Lusa.
 
Na sua página oficial da internet, a DGS recomenda que os equipamentos de aquecimento sejam verificados antes de serem utilizados, que não sejam usados aquecimentos de exterior (esplanadas) em espaços interiores e que, antes de as pessoas se deitarem ou saírem de casa, verifiquem se os aparelhos estão desligados de forma a evitar fogos ou intoxicações.
 
A quem utiliza lareiras, salamandras, braseiras ou equipamentos de aquecimento a gás, é aconselhado que se mantenham as divisões devidamente ventiladas de forma a evitar a acumulação de gases nocivos à saúde. 
 
Recomenda-se um especial cuidado com as crianças e idosos quando perto daqueles equipamentos para que se protejam contra queimaduras.
 
No mesmo documento é dado especial destaque às pessoas mais vulneráveis ao frio, a saber, crianças, idosos, sem-abrigo, doentes crónicos, principalmente com problemas respiratórios e cardiovasculares e pessoas que habitem num local com mau isolamento térmico.
 
A população é aconselhada a proteger-se contra o frio através de vestuário adequado à temperatura ambiente, o uso de várias camadas de roupa, a proteção das extremidades com o uso de gorro, luvas, cachecol e meias quentes, e a preferência por bebidas e alimentos quentes.
 
As temperaturas deverão manter-se baixas em Portugal Continental durante os próximos dias.
 
ALERT Life Sciences Computing, S.A. 
Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.