Diacetilmorfina pode ser alternativa eficaz à metadona no tratamento de heroinómanos

Estudo publicado no “New England Journal of Medicine”

25 agosto 2009
  |  Partilhar:

Quando o tratamento da metadona oral – considerado de primeira linha contra a dependência de heroína – não funciona, a administração de injecções com o princípio activo da heroína, a diacetilmorfina, parece ser uma opção eficaz, asseguram investigadores canadianos, num artigo escrito no “New England Journal of Medicine”.

 

No entanto, os cientistas advertem que o tratamento implica um risco de sobredosagem e convulsões, pelo que a aplicação das injecções deve ser feita num estabelecimento de saúde.
 

A equipa liderada por Oviedo-Joekes, da University of British Columbia, estudou 226 heroinómanos das zonas de Montreal e Vancouver, no Canadá.

 

Apenas 54% dos que receberam metadona mantiveram o tratamento durante um ano. Pelo contrário, nos dependentes que receberam diacetilmorfina, a adesão ao tratamento foi de 88% no final do primeiro ano de tratamento. Por outro lado, 67% dos heroinómanos tratados com diacetilmorfina abandonaram o consumo de drogas ilícitas, contra os 48% registados nas pessoas tratadas com metadona.

 

Diz o artigo científico que o custo médio anual do tratamento contra a dependência da heroína ronda os 10 mil dólares, mas o custo anual para a sociedade de uma pessoa sem tratamento é superior a 50 mil dólares, os quais incluem consultas médicas e despesas com a justiça.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.