Diabéticos são discriminados em Portugal

Alerta da Federação Internacional da Diabetes

10 novembro 2011
  |  Partilhar:

As crianças e os adultos diabéticos sofrem de discriminação e de exclusão social, alertou, em comunicado de imprensa, a Federação Internacional da Diabetes-Região Europa (IDF Europa).

 

“A discriminação das crianças com diabetes é alarmante e uma realidade que ainda existe. Os problemas vão desde a recusa no acesso a creches ou escolas pré-primárias ou não dar as condições necessárias para a administração de insulina ou a medição dos níveis de açúcar no sangue, passando pela exclusão nas actividades desportivas e viagens escolares”, alertou, em comunicado de imprensa, João Nabais, presidente eleito da Federação Internacional da Diabetes-Região Europa.

 

E acrescenta: “As pessoas com diabetes são discriminadas no seu local de trabalho, muitas são penalizadas em mais de 150% em seguros de vida para compra de habitação, ou simplesmente são excluídas dos seguros de saúde porque esses não têm cobertura para pessoas com diabetes. Existem também casos de discriminação nos clubes sociais, nas famílias, na obtenção de um empréstimo bancário e mesmo no acesso a emprego de certas profissões”.

 

Polícia, condutor de ambulâncias, bombeiro, marinheiro, taxista, motorista de autocarros ou controlador aéreo são as profissiões, em Portugal, em que as pessoas com diabetes afirmam ser excluídas no acesso ao emprego, revela um estudo realizado pela IDF. 

 

“No caso do acesso às cartas de condução, por exemplo, a diabetes é considerada como um problema de saúde que afecta a aptição para a condução e como tal, as pessoas com esta doença têm de revalidar a sua carta cerca de 10 vezes ao longo da sua vida, o que representa um custo médio de €240. Logo, os custos indirectos da diabetes, no que concerne com revalidações de cartas de condução, em Portugal, ascende os 216 milhões de euros”, acrescentou João Nabais.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Classificações: 2Média: 4.5
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.