Diabéticos perdem apoio na compra das tiras-teste

Portaria resolve situação

07 abril 2008
  |  Partilhar:

Os diabéticos que estão integrados em subsistemas de saúde, como a ADSE, deixaram de beneficiar, desde dia 1 de Abril, da habitual comparticipação de dispositivos essenciais ao controlo da sua doença, como as tiras que medem os valores da glicemia.
 

 

Segundo uma notícia veiculada pelo jornal “Diário de Notícias”, o novo protocolo assinado entre a tutela, a indústria e as associações de farmácias excluiu os subsistemas, deixando muitos pacientes sem acesso à comparticipação de 85%. Ainda na semana passada, a situação ficou resolvida com a assinatura de uma portaria.
 

 

O ministério pretende que os subsistemas passem a articular-se directamente com as farmácias e não através do Serviço Nacional de Saúde (SNS), que era quem adiantava as verbas até agora. No entanto, esta situação ainda não estava regulada, o que levou as farmácias associadas à ANF a pedir aos doentes o valor global das tiras-teste (30 euros, em vez de pouco mais de três).
 

 

Fonte: Diário de Notícias
 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.