Diabetes e depressão devem ser tratadas com prioridade

Estudo "A Gestão da Doença Crónica na Europa"

11 maio 2009
  |  Partilhar:

As doenças como a diabetes e a depressão vão ter, no futuro, um peso ainda maior na saúde, devendo a gestão das doenças crónicas ser assumida como "uma prioridade" das políticas de saúde na Europa.

 

Trata-se da principal conclusão do estudo "A Gestão da Doença Crónica na Europa", integrado numa investigação sobre o financiamento dos sistemas de saúde na Europa. Essa investigação foi levada a cabo pela Iniciativa para o Financiamento Sustentável da Saúde na Europa (IFSSE).

 

O estudo, citado pela agência Lusa, lembra que as doenças e condições crónicas são a "principal causa de mortalidade e morbilidade na Europa", contribuindo para "86% do total das mortes prematuras".

 

Sugerindo que a diabetes e a depressão irão "impor, no futuro, um ainda maior peso na saúde", o relatório, da autoria do investigador alemão Reinhard Busse, da Universidade de Tecnologia de Berlim, salienta a necessidade de os decisores políticos europeus estabelecerem a doença crónica "como uma prioridade" e "escolherem as estratégias certas".

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.