Diabetes de tipo 2 associada a muitos tipos de cancro

Estudo publicado na revista “Journal of Diabetes”

13 maio 2019
  |  Partilhar:
Um novo estudo indicou que a diabetes de tipo 2 está associada um maior risco de 11 tipos de cancro nos homens e 13 tipos de cancro nas mulheres, na China.  
 
A China é o país com o maior número de pacientes com diabetes de todo o mundo.
 
Conduzido por uma equipa de investigadores da Faculdade de Medicina da Universidade Jiao Tong de Shanghai, na China, o estudo teve como base a análise de informação da base de dados do Hospital de Shangai para determinar a relação entre a diabetes de tipo 2 e o risco de cancro na China.
 
A equipa detetou 410.191 adultos com diabetes de tipo 2 e sem um historial de cancro, entre julho de 2013 e dezembro de 2016. Os pacientes foram seguidos até dezembro de 2017 de forma a avaliar o desenvolvimento de cancro.
 
Foram diagnosticados 8.485 novos casos de cancro. Os investigadores apuraram que os homens e mulheres com diabetes apresentavam um risco 34% e 62% superior, respetivamente, de desenvolverem cancro do que os homens e mulheres da população geral.
 
Nos homens que tinham diabetes de tipo 2, o cancro que apresentava maior risco foi o da próstata, (86% mais de risco). Outros cancros cujo risco aumentava com a diabetes foram o da pele, tiroide, rim, fígado, pâncreas, pulmão, colorretal, estômago, linfoma e leucemia. 
 
Por outro lado, a diabetes de tipo 2 foi associada a uma redução significativa no risco de cancro do esófago nos homens.
 
Nas mulheres com diabetes de tipo 2, o maior risco foi de cancro da nasofaringe (mais de duas vezes superior). A diabetes foi ainda associada a um maior risco de cancro do fígado, esófago, tiroide, pulmão, pâncreas, útero, colorretal, mama, colo do útero, estômago, linfoma e leucemia.
 
A contrastar, foi identificado um risco significativamente menor de cancro da vesícula biliar nas mulheres com diabetes de tipo 2.
 
Mediante os resultados, os autores do estudo recomendam a definição de estratégias de rastreio e prevenção do cancro neste tipo de pacientes.
 
ALERT Life Sciences Computing, S.A. 
Partilhar:
Comentários 0 Comentar