Dia Mundial do Linfoma

Três mil portugueses atingidos anualmente por cancro pouco falado

14 setembro 2004
  |  Partilhar:

Os linfomas atingem anualmente cerca de três mil pessoas em Portugal, mas a esmagadora maioria dos portugueses nunca ouviu falar deste tipo de cancro no sistema linfático, segundo um estudo que será divulgado esta quarta-feira, o primeiro Dia Mundial do Linfoma.O primeiro estudo efectuado à população portuguesa sobre o conhecimento relativo a linfomas indica que sete em cada dez portugueses nunca ouviu falar desta doença oncológica, segundo anunciou a Associação Portuguesa Contra a Leucemia (APCL).Os resultados deste estudo serão divulgados hoje, Dia Mundial do Linfoma, altura em que, pela primeira vez, serão conhecidos os dados sobre a incidência nacional dos linfomas e analisado o impacto que o diagnóstico tem na vida de um doente.O Dia Mundial do Linfoma é uma iniciativa da Coligação Internacional contra o Linfoma que visa aumentar o conhecimento sobre esta patologia, os seus sintomas e a necessidade de um diagnóstico prévio.Segundo a APCL, alguns tipos de linfoma podem ser fatais em apenas seis meses, caso não sejam devidamente tratados.O diagnóstico inicial nesta área pode ser difícil, assim como a detecção dos verdadeiros sintomas. Cansaço, febre e gânglios inflamados, podem ser facilmente confundidos como gripe ou fadiga.Dados da associação indicam que cerca de 200 mil pessoas em todo o mundo morrem anualmente devido a linfomas, doença que é diagnosticada anualmente a 350 mil pessoas. Fonte: Lusa

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.