Dia Mundial da Saúde Mental

Psiquiatras pedem atenção aos indícios de suicídio

09 outubro 2006
  |  Partilhar:

 

No data em que se assinala o Dia Mundial da Saúde Mental, a psiquiatra Luísa Figueira alerta para a necessidade das pessoas estarem atentas aos indícios de suicídio, embora reconheça que este pode acontecer, mesmo quando a pessoa está a ser seguida clinicamente.
 

 

A directora do serviço de psiquiatra do Hospital de Santa Maria, em Lisboa, resume desta forma a mensagem que os profissionais de saúde que trabalham o suicídio querem divulgar no Dia Mundial da Saúde Mental.
 

 

Este ano, a Organização Mundial da Saúde (OMS) escolheu o suicídio como tema central da efeméride, destacando-o como a causa de muitas mortes prematuras e evitáveis. "Sensibilizar e reduzir os riscos: a Doença Mental e o suicídio" é o mote da OMS, corroborado por Luísa Figueira, para quem o suicídio nos jovens é "uma importante causa de morte, nomeadamente junto de uma população muito jovem e activa".
 

 

Segundo a especialista, muitas vezes os suicidas dão indícios de que não são atendidos por quem está à sua volta, ao contrário do que é desejável. Para Luísa Figueira, é importante que as pessoas entendam os apelos destas pessoas, que precisam de ajuda médica ou aconselhamento psicológico.
 

 

Fonte: Lusa
 

MNI-Médicos Na Internet
 

Partilhar:
Classificações: 1 Média: 5
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.