Dia Internacional para a Preservação da Camada do Ozono - próxima 2ª feira

A barreira entre a Terra e o Sol que permite a sobrevivência do Homem

13 setembro 2002
  |  Partilhar:

A manta gasosa de ozono que envolve a Terra, protegendo-a da radiação solar catalisadora de doenças como o cancro da pele, está a ser destruída pelo homem, o mesmo que morrerá sem este filtro poderoso.
 

 

O Dia Internacional para a Preservação da Camada do Ozono, que se assinala segunda-feira, foi designado pela Assembleia Geral das Nações Unidas em 1994 para comemorar o dia da assinatura do Protocolo de Montreal sobre Substâncias que Prejudicam a Camada de Ozono, em 1987.
 

 

Inicialmente assinado por 46 países, o Protocolo de Montreal foi sendo alvo de emendas e aditamentos ao longo dos anos.
 

 

Em Dezembro de 1999, a Declaração de Pequim, aprovada durante a reunião dos subscritores do Protocolo de Montreal, reafirmou o compromisso de 175 governos, organizações internacionais, indústrias e outros grupos de conseguir a eliminação progressiva dos produtos químicos que destroem a camada de ozono da estratosfera.
 

 

Tratou-se da mais significativa reacção internacional a descobertas divulgadas no final da década de 80 sobre o "buraco do ozono", que davam conta da existência de declínios dramáticos nas concentrações de ozono sobre a Antárctica.
 

 

"O acordo teve êxito desde o início, muitos países fizeram progressos impressionantes na eliminação dos produtos químicos que destroem o ozono", considerou, a propósito da efeméride, o secretário-geral das Nações Unidas, Kofi Anan.
 

 

"Sem essa forte adesão ao Protocolo de Montreal, os níveis de substâncias prejudiciais para o ozono seriam cinco vezes mais elevados do que são hoje", refere a mensagem de Anan a propósito da efeméride.
 

 

Os peritos estimam que, para além de causas naturais, as substâncias químicas produzidas pelo homem contribuem em 82 por cento para a destruição da camada de ozono.
 

 

No entanto, "manter esta barreira entre o Sol e a Terra é essencial para a sobrevivência humana", prossegue o secretário-geral da ONU, explicando que devem manter-se todos os esforços no sentido da sua preservação.
 

 

"A atenção deve deixar de se centrar nos países industrializados, que foram os primeiros a diminuir a produção dos CFC, para se virar para os países em desenvolvimento, que devem eliminar gradualmente a produção destes gases impreterivelmente até 2010, o prazo imposto pelo Protocolo de Montreal", refere Anan.
 

 

O Sol envia diariamente para a Terra a sua energia sob a forma de radiações. A camada de ozono, situada na estratosfera entre 10 a 50 quilómetros acima da Terra, absorve a radiação ultravioleta B, nociva para a saúde e o ambiente.
 

 

Cancros da pele, cataratas e enfraquecimento do sistema imunitário são alguns dos efeitos que pode causar no homem.
 

 

Além disso, a instabilidade da espessura da camada de ozono pode afectar os animais, os ecossistemas no mar e prejudicar a agricultura.
 

 

As previsões mais recentes indicam que os níveis de ozono na Primavera da Antárctida deverão começar a aumentar em 2010.
 

 

Já as oscilações de espessura da camada de ozono no Árctico são altamente variáveis e difíceis de prever, mas um evento semelhante ao buraco de ozono da Antárctida parece pouco provável, segundo os peritos.
 

 

O tema deste ano do Dia Internacional para a Preservação da Camada do Ozono é "Salva o nosso Céu: Protege- te e protege a camada de ozono".
 

 

A iniciativa visa a promoção de actividades que sensibilizem as políticas e também o público para esta questão ambiental que os cientistas explicam ser de sobrevivência para a espécie humana.
 

 

A protecção da camada de ozono passa também pelos cidadãos, que devem garantir que não estão a utilizar produtos ou equipamentos (por exemplo frigoríficos ou balcões frigoríficos, aparelhos de ar condicionado, extintores de incêndios, inaladores para asmáticos) onde ainda se utilizem substâncias nocivas.
 

 

Fonte: Lusa

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.